Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

lampadaA IBM acabou de divulgar o IBM 5 in 5, uma lista com as cinco inovações que têm potencial de mudar o modo como as pessoas trabalham, vivem e interagem nos próximos cinco anos. As previsões são baseadas nas tendências de mercado e da sociedade e em tecnologias emergentes dos laboratórios de pesquisa da IBM que podem tornar estas transformações possíveis.

As cinco previsões para os próximos cinco anos são:

1 – A sala de aula aprenderá sobre cada aluno – Nos próximos cinco anos, a sala de aula vai aprender sobre cada aluno, como os resultados dos testes, assiduidade, comportamento e deficiências, ajudando cada um de forma individualizada.

2 – Compras em lojas físicas ultrapassarão as online – As compras em lojas físicas voltarão a se destacar. Varejistas experientes usarão o imediatismo do estabelecimento e a proximidade com os clientes para criar experiências que não podem ser replicadas por lojas online.

3 – Médicos usarão seu DNA para mantê-lo bem – Os avanços na análise de dados, sistemas cognitivos, pesquisas e testes de genomas poderão ajudar os médicos a diagnosticar com precisão o câncer e criar planos de tratamento personalizados para cada paciente.

4 – Um guardião digital irá protegê-lo online – Cada um de nós será protegido por nosso próprio guardião digital, que será treinado para oferecer um novo patamar de proteção contra roubo de identidade. Ao aprender sobre usuários, um guardião digital pode fazer inferências sobre o que é atividade normal ou razoável e o que não é.

 5 – A cidade vai ajudá-lo a viver nela – Os dispositivos móveis e o engajamento social permitirão aos cidadãos construir relacionamento direto com os líderes da cidade, para que suas vozes sejam ouvidas não só no dia da eleição, mas sempre. Será possível às cidades e aos seus líderes entender e assimilar novas informações fornecidas de maneira voluntária pelos cidadãos, descobrindo quais recursos urbanos são necessários, onde e quando.

Artigos Relacionados

03 jun
Roland Garros: a tecnologia me ajudou a ganhar uma aposta
Geral // 0

– Por Bruno Favery – Durante o torneio de tênis Roland Garros, o mais charmoso Grand Slam, acontece um ritual em casa. Todo domingo meu pai e eu preparamos uma bela macarronada, assistimos às partidas do dia e o mais importante: apostamos nos resultados.  O hábito já leva 11 anos e nasceu na mesma época em

21 set
Como funcionam os wearables nas competições esportivas?
Geral // 0

Com o fim das Paralimpíadas damos adeus ao maior período esportivo do nosso país. Triste? Muito. Porém, esse é o melhor momento para aprendermos sobre como o esporte está utilizando a tecnologia para aprimorar a performance de atletas antes, durante e depois das competições. Vamos começar com um exemplo paralímpico: já ouviu falar no método que

09 set
Aprendi que falar sobre inteligência artificial significa olhar para as pessoas
Geral // 2

* Texto: Kelly Bassi / vídeo: Bruno Favery / fotos: Daniel Angeli – Já tratamos aqui no blog do tema inteligência artificial sob diversas facetas, como seu uso em bancos, na saúde, na educação, na culinária e em mais um monte de coisas bacanas que sabemos que estão rolando por aí. No entanto, o que

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por