Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

O leasing já está presente no Brasil há várias décadas e tem sido uma modalidade bastante solicitada por diferentes segmentos e por empresas de todos os portes. O benefício fiscal e a melhora no payback do investimento estão entre os vários aspectos quantitativos favoráveis na decisão de realizar uma operação de leasing.
No caso do investimento em tecnologia, as soluções podem apresentar um investimento inicial alto, fazendo com que a compra à vista possa afetar o fluxo de caixa da empresa e limitar a implementação de outros projetos. Deste modo, a modalidade de leasing FMV (leasing a valor de mercado futuro das máquinas) pode ajudar não só a diluir o investimento ao longo dos meses do contrato, mas também a reduzir o desembolso mensal – as empresas não pagam  100% do valor do equipamento uma vez que o banco assume um valor residual que só será pago pelo cliente no caso dele exercer a opção de aquisição ao final do contrato de leasing.

Comparado a uma compra à vista, esta alternativa é muito indicada para equipamentos que possuem uma desvalorização acelerada como PCs e servidores, permitindo à empresa poder fazer aquisições maiores, mantendo-se atualizada nessa era de rápidas mudanças tecnológicas e reduzindo também o risco de obsolescência.

O custo com o descarte desses equipamentos é mais um ponto a ser pensado, pois ao comprá-los as empresas precisam calcular também os gastos referentes a esse processo no final do seu ciclo de vida. Assim, ao escolher o contrato de leasing que tenha entre as opções a devolução do equipamento, transfere-se essa responsabilidade para o banco correspondente.  Todos esses fatores são relevantes e a decisão deve ser feita em conjunto entre TI e financeiro para que, por meio de um estudo econômico e estratégico de longo prazo, todos os custos e benefícios sejam realmente considerados.

Ouça aqui um podcast com mais detalhes sobre o funcionamento
e benefícios do leasing FMV.

 

 

Artigos Relacionados

20 dez
A revolução do consumidor
Geral // 0

O Natal de 2013 deverá movimentar R$ 31,8 bilhões, segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A data é a mais lucrativa e importante para o comércio como um todo. É uma época em que as marcas não têm muito trabalho para conquistar o cliente, certo? ERRADO!!! Os consumidores não querem ser apenas mais um número.

22 jul
Afinal, o que é uma cidade inteligente?
Geral // 0

Quem não quer viver numa cidade inteligente? Opa, eu quero! Mas afinal, o que faz uma cidade ser considerada inteligente? Basicamente, é uma cidade que utiliza a tecnologia como aliada para resolver problemas que impactam diretamente a vida dos cidadãos. A tecnologia da informação evoluiu nas últimas décadas e hoje desempenha um papel vital na economia e na transformação da sociedade.

30 ago
Três razões para celebrarmos a chegada do Watson Oncology ao Brasil
Geral // 0

*Por Claudio Ferrari – “If you cannot measure it, you cannot improve it.” (Sir William T. Kelvin , Matemático, Físico e Engenheiro – 1824 – 1907) O lançamento do Watson for Oncology marca a chegada da computação cognitiva aplicada à saúde no Brasil. Temos três boas razões para comemorar esse novo momento da medicina. 1. Poderemos ser

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por