Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

Uma dúvida muito comum entre as pessoas e até entre as empresas é o que fazer com o lixo eletrônico. Como descartar computadores e impressoras, por exemplo? Qual a melhor forma? Quando e em que condições vale a pena recondicioná-los? Cada caso é um caso. O que a maioria das pessoas já sabe é que o descarte incorreto de lixo eletrônico provoca danos ao meio ambiente. Segundo o último levantamento feito pela ONU em 2010, o Brasil aparece como o maior produtor de lixo eletrônico entre os países emergentes. Hoje, a produção nacional do lixo eletrônico está aumentando três vezes mais do que o lixo convencional.

Na contra mão desse cenário aparece a IBM. A empresa, que sempre teve a preocupação com o meio ambiente, começou em 2001, por meio do Banco IBM, que é responsável por toda a parte de leasing, financiamento e remarketing, a trabalhar e a desenvolver a logística reversa, o que com o tempo tornou-se uma linha de negócios lucrativa da companhia. A partir de um estudo e análise para avaliar o quanto de equipamentos e materiais usados poderia ser revendido para o mercado, o que deveria ser encaminhado para a remanufatura e o que seria destinado para a quebra e reciclagem, conseguiu-se transformar uma área que antes gerava custos, em uma atividade que hoje traz lucro para a empresa.

Em 2012 e 2013, cerca de 430 toneladas foram descartadas de maneira correta, sendo que 4% desse total foram reutilizados ou revendidos, 95% reciclados e apenas 1% foi incinerado.

Confira abaixo um boletim com dados sobre essa prática comentada pelo diretor do Banco IBM, o executivo Felippe Melo.

Artigos Relacionados

11 ago
Quer ser estágiário na IBM? ;)
Geral // 0

  Não é a toa que o nome do programa para estagiários chama-se Passaporte IBM. Trabalhar na gigante de tecnologia é sem dúvida uma grande oportunidade para quem deseja fazer carreira em uma empresa global e queira interagir com diferentes culturas e equipes de trabalho. Além de participar de experiências do dia a dia dos

22 jul
Afinal, o que é uma cidade inteligente?
Geral // 0

Quem não quer viver numa cidade inteligente? Opa, eu quero! Mas afinal, o que faz uma cidade ser considerada inteligente? Basicamente, é uma cidade que utiliza a tecnologia como aliada para resolver problemas que impactam diretamente a vida dos cidadãos. A tecnologia da informação evoluiu nas últimas décadas e hoje desempenha um papel vital na economia e na transformação da sociedade.

03 set
Mentes brilhantes e tecnologia unidas para ajudar pacientes com esquizofrenia
Geral // 0

*por Mariana Lemos São 20h. No caminho de volta para casa me deparo com um morador de rua falando sozinho. Ele parece brigar com seu amigo imaginário. Está negando todas as constatações que alguém lhe faz. Está brigando com ninguém. O invisível lhe incomoda. Penso que ele está maluco. Bem, maluco? Me lembro que amigos imaginários são

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por