Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)


Na semana passada, a IBM anunciou em um artigo publicado na Revista Sciense que desenvolveu um chip que simula a maneira com que a mente humana reconhece padrões. Chamado de True North, o chip usa energia equivalente a um aparelho auditivo comum e pode, eventualmente, desenvolver cálculos que desafiam supercomputadores hoje. O projeto foi desenvolvido pelo time de  SyNAPSE do IBM Research, nos Estados Unidos, em parceria com a Agência de Projetos de Pesquisa Avançados de Defesa e cientistas de diversas universidades.Esta nova tecnologia pode revolucionar a computação porque opera como o “lado direito” do cérebro, onde estão às funções que processam a informação percebida pelos sentidos, conseguindo interpretar atos como a mente humana. Por exemplo, o processador pode reconhecer uma mulher em um vídeo pegando uma bolsa ou controlar um robô colocando a mão em um bolso e pegando uma moeda. Os computadores e robôs atuais têm dificuldade de “entender” essas ações.Em protótipo, o True North pode ainda ser usado com outras tecnologias de computação cognitiva, como IBM Watson, para criar sistemas que aprendem, raciocinam e ajudam as pessoas a tomarem melhores decisões.

As malhas interligadas de transistores, semelhantes às redes neurais do cérebro,permitem que o novo chip funcione como a mente humana. Esses “neurônios” eletrônicos do chip conseguem sinalizar quando um tipo de dado – a luz, exemplo – ultrapassa um centro linear.
Depois, organiza essas informações em padrões sugerindo as mudanças, conforme a luz vai ficando mais brilhante ou mudando de forma.
Cada um dos novos chips da IBM possui 5,4 bilhões de transistores e consome 70 miliwatts de energia. Os modernos processadores disponíveis hoje no mercado em computadores pessoais e centros de processamento de dados possuem 1,4 bilhões de transistores e consomem de 35 a 140 watts. Este é um avanço relevante para a computação por possibilitar o aumento da a velocidade dos processadores sem correr risco de superaquecimento.
Na opinião do Ethevaldo Siqueira, comentarista da CBN, o maior avanço em microeletrônica da atualidade é o True North, confira:

Artigos Relacionados

05 ago
Cadê meu cartão?
Geral // 0

Os brasileiros com algum tipo de cartão já representam 75% da população brasileira, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), o que fez com que eles sejam utilizados mais do que o dinheiro para os pagamentos. Essa gama de opções tem atraído cada vez mais os fraudadores,

19 maio
Inteligência Artificial invade o Star Trek: Bridge Crew
Geral // 0

O Watson está cada vez mais envolvido em projetos legais. Já falamos do seu auxílio no combate ao câncer, como pretende revolucionar as visitas aos museus e também de como ajudou a escolher o vencedor de um concurso de cosplay, na Comic Con Experience Recife. Dessa vez, a plataforma de computação cognitiva da IBM vai

30 maio
“A IBM virou uma empresa cool”
Geral // 0

“A IBM é uma empresa jovem, que está desenvolvendo no Brasil tecnologias que hoje estão sendo usadas no mundo inteiro. A IBM virou uma empresa cool”. Quer conhecer um pouco mais sobre a IBM? Veja a entrevista completa do Presidente da IBM Brasil, Rodrigo Kede, para o Valor Agregado, um dos principais veículos de negócios do

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por