Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

O mundo caminha para uma geração colaborativa. Todos tem a liberdade para produzir conteúdo e disseminar suas opiniões. Isso tudo pela internet! As mídias sociais transformaram as relações entre empresa e pessoas, pois viraram um palco para elogios, reclamações, inventividade e muito mais. Esse cenário traz questões pertinentes quanto ao tratamento com os clientes: não é mais possível trata-los de forma generalizada. Agora eles querem experiências únicas, direcionamento, engajamento.
Não à toa, os principais líderes de marketing (CMOs) estão cada vez mais preocupados com o engajamento dos clientes por meio da tecnologia e esta questão está ocupando cada vez mais espaço em suas agendas. Isso, principalmente, porque a concorrência ficou mais acirrada e o tempo para lançamento de produtos e serviços reduziu. A partir desta premissa, marketing, comunicação e TI rompem as barreiras e caminham para um trabalho sinérgico e qualitativo com integração em todos os seus canais, tirando o foco “técnico” e passando a ter um perfil estratégico de negócio totalmente focado no cliente.
Segundo estudo da Frost&Sullivan “The Evolved CMO 2014”, 73% dos executivos de marketing já perceberam que a vantagem competitiva vem do estudo direcionado ao cliente, mas em termos de maturidade ainda há muito que fazer quando falamos em sincronizar uma visão única para gerir esse público. Entre os desafios próximos, levar a sério o uso de dados para a gestão de clientes e estimular o crescimento das empresas com o uso da tecnologia será o mais significativo.
No que diz respeito aos dados, o último estudo da IBM sobre CMOs aponta que 82% deles ainda sentem-se despreparados para lidar com a explosão de dados que está sendo vivenciada. É… Big Data ainda assusta um pouco. E isso não é nenhuma novidade! A projeção é de que os investimentos nesta área atinjam US$ 426 milhões neste ano, impulsionados pelos segmentos de varejo, Telecom e finanças. Já o relatório da Frost&Sullivan revela que 52% recorrem à utilização deles para tomar decisões de marketing. Isso quer dizer que a tecnologia é a grande aliada para equilibrar prioridades concorrentes com recursos finitos, encontrar o caminho certo rumo à tecnologia ou até mesmo na preocupação com o ROI (Return Over Investment).

Os estudos não contemplam para onde o Big Data, Mobilidade e Social Business vão levar os negócios, mas já é sabido que essas áreas são fundamentais para a tomada de decisão e se torna um diferencial competitivo relevante. Além disso, existe uma conspiração de fatores que coloca o CMO como o maior potencial consumidor de tecnologia dentro das empresas, mais do que o CFO, CHRO (Recursos Humanos) ou o CSCO (Supply Chain).

Confira abaixo mais insights da pesquisa da Frost&Sullivan e como os negócios podem ser modificados a partir de uma visão focada no cliente

 
 

Artigos Relacionados

17 jun
O povo ganha voz nas redes sociais! E as empresas ganham insights ao ouvi-lo.
Geral // 0

A explosão de dados nas redes sociais tem se tornado uma verdadeira mina de ouro para as empresas. Consumidores são cada vez mais influentes formadores de opinião, compartilham suas experiências e pensamentos sobre situações, produtos e serviços publicamente com milhares de pessoas nas redes. Imagine a quantidade de insights que pode sair de uma análise de

03 jan
IBM Brasil em 2013: três histórias para serem lembradas
Geral // 0

A gente só se dá conta de quanta coisa acontece num ano quando para pra colocar tudo no papel, não é? Fiquei com a missão de contar pra vocês o que aconteceu de mais importante na IBM Brasil em 2013. Tanta coisa se passou que foi difícil saber por onde começar. Mas vamos lá! Pra tentar ser breve e

07 nov
Carro do futuro: das telas do cinema para as ruas
Geral // 0

Quem já assistiu “Eu, robô” e se imaginou dentro do carro pilotado pelo detetive Del Spooner, interpretado pelo ator Will Smith? O que antes era somente projetado no cinema, hoje está sendo fabricado com muitas aplicabilidades, preparado para uma “ultraconexão” em rotas na cidade. Muitos veículos com sistema de navegação, conexão de voice mail e telefone e reconhecimento de deslocamento já estão

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por