Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

Você já parou para pensar na quantidade de coisas que acontecem em um flash? Normalmente, esquecemos ou não analisamos, mas estamos gerando dados a todo momento.
 A cada segundo são computados cerca de 3,4 mil emails, 100 mil visualizações no Facebook, mais de 1,6 mil tweets e 9,9 mil transações de cartão de crédito. Um simples “clique” é responsável por uma grande movimentação de informações que, apesar de não termos consciência, há todo um processo responsável para torná-lo possível.
O armazenamento de dados não é exclusividade das grandes corporações. Somos impactados por ele a todo instante. Os aplicativos dos nossos smartphones, por exemplo, possuem informações que precisam ser mantidas em algum lugar além da nuvem. Uma pesquisa da IBM apresenta que, até 2020, haverá quatro vezes mais dados digitais do que todos os grãos de areia existentes no planeta. Para suportar esse grande volume de informações, algumas mudanças irão acontecer.
Nesse momento surge o Flash, que é um tipo de tecnologia totalmente eletrônica utilizada no armazenamento de dados. Essa mudança permite que as transações analíticas e tradicionais trabalhem de maneira mais rápida, assim as empresas ganham tempo para tomar decisões que podem até acontecer em tempo real. E como o Flash mudará o nosso dia a dia? Sabe aquele email de três meses atrás que você precisa encontrar rapidamente? O Flash o localizará muito mais rápido.

Uma empresa que vem usando flash é a Coca-Cola Bottling Co. Consolidated (CCBCC) – a maior comerciante, produtora e distribuidora independente de produtos Coca-Cola nos Estados Unidos. A engarrafadora escolheu o IBM FlashSystem para aumentar a eficiência da operação logística em seus 47 centros de distribuição. Além da rapidez, a tecnologia fez com que fosse possível planejar as entregas de acordo com volume em estoque e abastecer os insumos de acordo com a atual demanda, assim não falta produtos da Coca-Cola em nenhum ponto de venda e eles ainda conseguem garantir um bom preço.

Confira abaixo o vídeo de pouco mais de 2 minutos “Sempre tem Coca-Cola” que conta toda a história.

O crescimento do volume de informações gerado pelas pessoas e pelas máquinas, como sensores, obrigam os sistemas tecnológicos a encontrarem novas saídas para suportar esse mar de dados e, ao mesmo tempo, tirar proveito de tudo que essa massa pode nos contar. Afinal, tudo pode mudar em um flash.

Abaixo, outra história muito interessante sobre como a empresa de cruzeiros Royal Caribean utiliza flash para oferecer promoções personalizadas para seus clientes!

Artigos Relacionados

02 maio
O que eu vi, vivi e ouvi no LAUNCH Festival
Geral // 1

No final do ano passado contamos as histórias de sucesso da edição brasileira do IBM SmartCamp 2016, competição internacional de startups promovida pela IBM. E explicamos como os vencedores daquela etapa ganhariam a oportunidade de participar da grande final mundial da competição que ocorreria em abril durante o LAUNCH Festival, no Vale Do Silício, Califórnia

10 maio
Engajando, sem embromação
Geral // 0

Por Gustavo Chierighini*- O mundo do empreendedorismo está muito além da esquina do glamour, ou dos aplausos diante de impactantes inovações e modelos próprios de gestão, ovacionados por plateias ou nas redes sociais. Antes existe o suor, o fluxo de caixa e os teimosos custos fixos (acredite, não é uma vida fácil). Neste contexto, onde

18 set
Conheça o iLAMpS Fund: inovação e desenvolvimento na IBM
Geral // 0

Crowdsourcing na IBM? O crowdfundig começou no Brasil cerca de três anos atrás, com o surgimento do site Catarse, inspirado no modelo americano Kickstarter. Trata-se de um portal de financiamento coletivo. Dado o sucesso deste tipo de iniciativa, hoje muitas empresas já veem implementando projetos de crowdfunding no ambiente corporativo. É o caso da IBM,

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por