Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

Depois de ser utilizado em diversos segmentos, como culinária, saúde e negócios, o Watson estreia no
universo infantil. Até o final deste ano, a Elemental Path irá lançar uma linha de brinquedos inteligentes chamada CogniToys, que é composta por um dinossauro falante operado pelo Watson.

O sistema de computação cognitiva da IBM ajuda o brinquedo a reconhecer e a interpretar comandos de voz, assim o dinossauro conversa e responde às perguntas ao apertar um botão em sua barriga. Além de falar e esclarecer dúvidas, ele memoriza informações importantes sobre o seu dono, como cor favorita, e até conta piadas!
O CogniToys funciona conectado à Internet e na nuvem. Sua plataforma integra diversão com aprendizado apropriado para cada faixa etária e também dispõe de um painel de controle para os pais acompanharem as atividades e o progresso da criança. Ele é indicado para crianças de quatro a sete anos. O projeto está em fase de protótipo e conta com campanha no Kickstarter, um site de financiamento coletivo que apoia projetos inovadores voltados à tecnologia.
Este vídeo mostra como funciona o CogniToys. Você compraria para o seu filho?

Artigos Relacionados

19 jan
Robôs da Disney mostram o futuro da inteligência artificial
Watson // 0

*Por Kelly Bassi Quando falamos sobre inteligência artificial sempre há um clima de desconfiança e medo no ar. Pensamos em robôs invadindo a terra, uma guerra entre máquinas e humanos cheia de efeitos especiais. Isso se deve muito à forma com que o cinema tratou o tema até pouco tempo – sempre ligado a uma história de dominação das

11 maio
Watson agora é o inimigo número 1 do Cibercrime
Geral // 2

*Por Maria Fernanda Espinosa Quem, quando leu o título, imaginou o Watson com uma arma na mão, uma máscara de Iron Man (meu herói preferido) e prendendo os vilões? Bom, vai ser maaais ou menos isso! A partir de agora, nosso caro amigo ajudará na luta contra o crime digital. Como parte de um projeto

05 out
O dia em que o Chef Watson transformou alho poró em sobremesa
Geral // 3

*Por Kelly Bassi Minha curiosidade foi nas alturas quando fiquei sabendo que os estudantes de Gastronomia da Universidade Anhanguera de São Paulo usariam o aplicativo Chef Watson para criar receitas inéditas e que fariam parte de um concurso de culinária da faculdade. Para quem não lembra, o app, desenvolvido pela IBM, utiliza a computação cognitiva para dar recomendações culinárias.

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por