Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

*Por Kelly Bassi

Vira e mexe falamos aqui no TI+Simples do Watson, sistema de computação cognitiva desenvolvido pela IBM em 2011. Desde que venceu os principais competidores no Jeopardy!, programa de TV febre nos Estados Unidos, Watson ganhou novas missões: já criou um livro com receitas inéditas, está ajudando a vários hospitais a tratar pacientes com câncer e a empresas do mundo todo a ter um melhor relacionamento com seus clientes.
Em outubro do ano passado, a IBM anunciou que o Watson ganharia o mundo e que aprenderia novos idiomas, sendo o português brasileiro um deles. Naquele momento a IBM assinou um acordo com o Bradesco para que o banco ensinasse o Watson a falar o português falado no Brasil, mais precisamente a linguagem do sistema financeiro brasileiro. Com isso, o banco será a primeira empresa brasileira a usar o Watson no nosso idioma.
De lá para cá, foi realizado um profundo mapeamento no banco para entender suas necessidades e desejos em relação à utilização do Watson. Agora, o pontapé inicial para o projeto foi dado e o sistema cognitivo da IBM começará a ser treinado por meio de diversos documentos disponíveis no grupo financeiro – sem envolvimento de dados confidenciais de clientes. Os atendentes da equipe do telebanco serão os “professores” do sistema e, em seguida, passarão a fazer a curadoria permanente da informação, ajudando o Watson a responder corretamente às questões dos clientes. A previsão
é que o Watson esteja interagindo de forma natural em português no final de 2015.
Com esta iniciativa, o Bradesco lidera, mais uma vez, o processo de inovação no sistema bancário brasileiro. Hoje, é a primeira organização a atuar com o Watson em português e, em 1962, foi a primeira instituição financeira da América Latina a utilizar computadores para administrar seu negócio, operado pelo mainframe IBM 1401.
Confira neste infográfico as etapas desta primeira fase da implementação do Watson no Bradesco. Inspirador e surpreendente este projeto que está em andamento no Brasil, não é?

Crédito da imagem: Giulia Bressani
Saiba mais sobre o Watson

Artigos Relacionados

17 abr
“Uma revolução chamada CAMS”
Geral // 0

Por Rodrigo Kede, presidente da IBM Brasil Essa revolução significa que as empresas estão encarando tecnologia de uma forma diferente. Muito mais do que suporte para os negócios, como vinha acontecendo nos últimos 15 anos, o foco será investir em soluções de front office, que viabilizem novas receitas, produtos e inovação, e maior proximidade com o cliente. Os líderes

02 dez
Um mar de mulheres vai inundar o mercado de TI
Geral // 0

*por Mari Lemos O título deste post por enquanto apenas expressa uma grande vontade. Hoje, mulheres no mundo da tecnologia são como um oásis no deserto, mas queremos mudar isso! =) Menina brinca de boneca, menino de vídeo-game. Menina veste rosa, menino veste azul. Mulher arruma a casa, homem arruma eletrônicos. E por aí vai…

07 mar
Para aqueles 5% dos líderes de mercado, tá tranquilo, tá favorável
Geral // 0

*Por Maria Fernanda Espinosa – Vamos falar sobre os desbravadores, pessoas que desde sempre descobrem tendências e estão à frente de seu tempo. A piada já veio pronta: para aqueles 5% do mercado que contam com executivos que pensam além, o cenário está tranquilo e favorável. Para começar a escrever esse texto, dei uma busca

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por