Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

A partir de hoje (16/6) até quinta-feira (18/6), toda indústria bancária estará reunida no Ciab FEBRABAN, o maior evento de tecnologia do país voltado para instituições financeiras. Na comemoração de 25 anos, a edição traz como um dos temas centrais a atuação dos bancos na era digital. Executivos da IBM, do mundo todo, estarão presentes para discutir como a tecnologia mudou a maneira com que as pessoas se relacionam e, consequentemente, a forma com que desejam usufruir de produtos e serviços financeiros.
Hoje, estima-se que um em cada quatro correntistas dos principais bancos do País já utiliza o mobile banking. As transações bancárias via apps e internet representam 52% do total – segundo a Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2014.
A tendência é que os bancos caminhem cada vez mais sólidos na era digital, fazendo uma combinação entre canais físico e online. Para entender melhor este assunto e seus impactos no relacionamento entre o banco e os seus clientes, o blog TI+Simples entrevistou Leandro Tassi, líder de Soluções para a Indústria Financeira da IBM Brasil. Confira!
               
Veja aqui também a agenda de painéis que os especialistas da IBM participarão no congresso do Ciab 2015.

 

Artigos Relacionados

21 set
Como funcionam os wearables nas competições esportivas?
Geral // 0

Com o fim das Paralimpíadas damos adeus ao maior período esportivo do nosso país. Triste? Muito. Porém, esse é o melhor momento para aprendermos sobre como o esporte está utilizando a tecnologia para aprimorar a performance de atletas antes, durante e depois das competições. Vamos começar com um exemplo paralímpico: já ouviu falar no método que

15 dez
IoT + Computação Cognitiva: mil cientistas, programadores e pesquisadores juntos para extrair conhecimento de “coisas”
Geral // 1

*Por Maria Fernanda Espinosa A Internet das Coisas já é uma impactante realidade em nossas vidas. É comum nos depararmos com equipamentos que “conversam” entre si para comunicar um período de manutenção ou até para economizar energia. Tem muito médico por aí integrando informações em sistemas para compartilhar diagnósticos de pacientes! E essa história não

23 jun
O que a máquina de batata chips tem a ver com blockchain?
Geral // 0

 *Por Bruno Favery, Maria Fernanda Espinosa e Kelly Bassi   Que o blockchain ainda é um mistério a ser desvendado pelo mercado, isso com certeza é. Antes achávamos que se tratava de, traduzindo ao pé da letra, uma cadeia em blocos focada em troca de valor financeiros. Hoje, durante palestra do CIAB, descobrimos que não

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por