Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

*Por Maria Fernanda Espinosa e Mariana Lemos

A velha e boa bola de cristal só existe em ficções, mas já existe uma forma bem mais inteligente que o “feeling” para entender o que querem nossos consumidores e onde devemos investir. Estamos falando do Big Data que, se bem operado, como num passe de mágica revela interesses, desejos e projeções de mercado.

71% das organizações usam Big Data para desenvolver produtos ou serviços inovadores, diz um estudo recente da IBM*.  E o tal do Big Data gera subsídios para aumento da agilidade, minimização de esforços e cria insights aplicáveis aos negócios. Afinal, o que mais uma empresa pode querer? A ideia é que essa tecnologia auxilie desde varejistas, bancos até mesmo a indústria de oil&gas a prever e criar soluções relevantes. A mesma pesquisa revela que 23% das companhias que superam seus competidores são mais prováveis usuárias de ferramentas de Big Data e 79% de Analytics. Ou seja, esse é o futuro.

Num rápido bate-papo, o líder de Big Data-Analytics da IBM Brasil, Sergio Fortuna, explicou pra gente o que é Big Data / Analytics e como é possível inovar a partir desta tecnologia. Dá uma olhada!

 

A Big Blue também anunciou recentemente nada mais do que 20 novas soluções de análise preditiva para os setores de varejo, finanças, telecomunicações, governo e segurança. Fora isso, as recém-anunciadas parcerias com Facebook e Twitter também entram no radar de soluções que podem ser oferecidas para desvendar o comportamento do consumidor.

 

 

Artigos Relacionados

09 abr
Mainframe chega aos 50 anos com corpinho de 20
Geral // 0

Apesar de muitos boatos ao longos dos anos anunciarem sua morte, o mainframe provou sua força e energia ao chegar aos 50 anos, se reinventando constantemente para revolucionar os negócios das empresas  pelo mundo afora. Presente na primeira ida do homem à Lua, o sistema com alta capacidade de processamento continua se transformando ano a

06 jan
O que podemos esperar da tecnologia daqui a 5 anos?
Geral // 0

Vamos começar 2017 falando de futuro! Tradicionalmente, a IBM consolida em um anúncio a sua visão sobre os próximos passos da tecnologia. São cinco previsões daquilo que poderá se tornar realidade nos próximos cinco anos. Olha só que legal: nas previsões de 2013, a IBM revelou que tecnologias seriam capazes de aprender e beneficiariam diversos

14 nov
As perspectivas de um PCD no mercado de trabalho
Geral // 0

Tarcísio Paciulo Castilho (31) trabalha há mais de 5 anos na IBM. Em seu currículo apresenta graduação em rede de computadores, pós-graduação em segurança da informação, licenciatura em Letra / Libras e hoje atua como consultor. Parece ser mais um caso de um jovem de sucesso, que ainda tem uma vida inteira pela frente. E é

Comentários

Avi Alkalay
13 de agosto de 2015

Isso aí. Analytics é a ciência que prevê o futuro, e eu já falava sobre isso em 2012 !

https://avi.alkalay.net/2012/04/sobre-profetas-e-bolas-de-cristal.html

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por