Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

* por Mariana Lemos

Se uma pessoa lhe falasse: “eu vivo nas nuvens”, o que passaria pela sua cabeça? Que ela vive feliz, tranquila, satisfeita e com pensamentos leves? Bem por aí, vai! Mas, quando o Geraldo Guimarães, consultor da IBM Brasil para os mercados de energia, gás e água, nos disse que vivia nas nuvens, ele estava falando sério.

No trabalho, Geraldo visita os clientes e prospects da IBM, entende suas reais necessidades e lidera equipes que criam soluções de tecnologia especializadas para cada empresa. Soluções na nuvem, diga-se de passagem! Fora do trabalho, é um paraquedista apaixonado pelo esporte, que carrega mais de mil saltos em sua coleção (e não pretende parar por aí). Ele já é  profissional, inclusive trabalha como instrutor aos finais de semana.

 

E a pergunta que não quer calar: como é estar – de fato – nas nuvens? Geraldo contou que durante um salto, passar por uma nuvem é como ganhar um presente! São pouquíssimos segundos que parecem minutos. “Você se sente amortecido. É como cair numa montanha de algodões. Nessa hora, não se enxerga nada. A sensação é maravilhosa. Depois, quando saímos da nuvem, o salto continua e é possível ver tudo outra vez”, conta. Mas nem tudo são flores. Algumas nuvens ficam carregadas de chuva, então é preciso tomar cuidado para não se machucar.

 

Na tentativa de entender a fundo como este esporte passou a fazer parte da rotina deste corajoso executivo, batemos um papo com ele, que contou curiosidades inusitadas.

Fala, Geraldo!

Artigos Relacionados

15 mar
Saindo do Armário – LGBT TECH
Geral // 1

Sair do armário é libertador. Não, não falo por experiência própria, pois nasci heterossexual e não precisei lutar pela liberdade de gostar de quem eu quisesse. Nem mesmo tive problemas em me identificar como mulher… e por apenas essas duas características já tive algumas facilidades que, infelizmente, muitos não têm. Não são todos que conseguem

21 ago
Mainframe Linux aberto para todos!
Geral // 0

*Por Kelly Bassi Há cinco anos a IBM surpreendeu ao disponibilizar o mainframe em Linux. A reinvenção do uso da plataforma levou ao aumento da sua adesão, tanto que, hoje, mais de um terço dos clientes de mainframe IBM usam Linux. Esta semana, a Big Blue avançou mais um importante capítulo dessa história: anunciou a abertura das linhas de códigos do

12 maio
Isabela: uma experiência de inteligência artificial ao vivo no maior evento de Marketing do Brasil
Geral // 1

*Texto por Vanessa Garcia e Kelly Bassi | Vídeo por Ellen Simão Depois de dois dias ouvindo os maiores experts do Brasil e do mundo da área, ficou ainda mais claro que a tecnologia se tornou sinônimo de inovação em marketing e comunicação. Só se falou nisso no ProXXIma 2016, evento organizado pelo grupo Meio

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por