Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

*por Mariana Riscala –

INOVAR. Essa é a palavra da vez. Aliás, quem nunca ouviu um executivo dizer que busca inovação para sua empresa? Pois é… Ouvimos isso desde sempre. Tanto que o termo inovação parece coisa do passado. E é! Explico: no dicionário, a palavra “inovação” significa tornar novo, renovar, restaurar, introduzir novidade, fazer algo como não era feito antes. Ou seja, o segredo para inovar é avaliar o passado pensando no futuro. A grande questão é: COMO?

O desafio é sair do óbvio. Especialmente nesta era tecnológica, em que nos vemos cada vez mais dentro das cenas dos antigos “filmes do futuro”, em que se conversa com robôs. A grande diferença desses tais filmes para uma realidade não muito distante da nossa é o fato de que os robôs não vão nos passar a perna, como tantas vezes acontece em filmes (lembram-se do Skynet?). A nossa situação é justamente a oposta. A computação cognitiva veio para dar suporte ao ser humano. Neste cenário, os robozinhos – ou sistemas cognitivos – seriam verdadeiros assistentes, prontos para ajudar a ampliarmos nossa capacidade de absorver conhecimento e tomar decisões. É, o futuro está logo aí… ou aqui!

Falando nisso, vale conhecer o Pepper, o robô que possui capacidade cognitiva da IBM. Veja ele e sua performance de Gangnam Style, especificamente no minuto 5:15 do vídeo a seguir, gravado pelo Henrique Von, Líder de Mobilidade da IBM Brasil durante o InterConnect, evento global da IBM que discute tendências e futuro da tecnologia.

Lembrando que Pepper é um robô que utiliza a tecnologia da IBM para dar assistência no atendimento a clientes do Softbank, mas essa inteligência pode ser usada em qualquer plataforma que suporte um sistema, por exemplo em uma geladeira.

Voltando ao futuro, ou melhor, ao presente. Durante o evento, realizado mês passado em Las Vegas, mais de 22 mil pessoas puderam acompanhar como as tecnologias de Cloud, Mobile, Cognitive e IoT podem ser usadas para levar a inovação para dentro das empresas. De acordo com o Hvon, a mistura desses ingredientes pode resultar em uma receita deliciosa: a tomada de decisões na hora certa, o que pode mudar uma indústria para sempre.

Desses pilares citados acima, #Cloud e #ComputaçãoCognitiva se destacam como grandes aliadas na corrida pela inovação. Mas, lembre-se: para inovar, é preciso combinar tecnologia com um novo jeito de fazer negócios. Diversas empresas têm utilizado TI para melhorar a oferta de seus produtos e serviços. Até mesmo as mais tradicionais, que muitas vezes precisam mudar radicalmente seu jeito de “vender” para não perder seus clientes.

Ah, o Bluemix®, plataforma de Cloud da IBM para desenvolvimento de softwares, possui diversas ferramentas que – se combinadas – ajudam o cliente na construção de sistemas inovadores.

Bem, moral da história: a tecnologia é, sim, ferramenta para inovação, mas falar em inovar consiste em repensar as atividades que fazemos todos os dias. E nisso os robozinhos e sistemas cognitivos do futuro podem ajudar!

*Confira mais detalhes no artigo escrito pelo Hvon.

Artigos Relacionados

25 maio
O que é o dia da toalha?
Geral // 0

Você sabia que existe um dia da toalha?  Isso mesmo, 24 horas dedicadas a este objeto tão comum que usamos (ou deveríamos usar) todos os dias. Antes de escrever esse texto eu jamais levaria isso a sério, afinal parece só mais uma desculpa para termos mais uma data comemorativa ao longo do ano, mas a

07 out
IBM e Start-Up Brasil juntos para estimular o empreendedorismo
Geral // 0

Mais uma parceria sacode o mercado de TI e startups. IBM e Start-Up Brasil, programa nacional de aceleração do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, acabam de firmar acordo com objetivo de fomentar a expressividade desse segmento na economia do País – já que a IBM acredita que as startups podem ser mais eficientes e

11 jan
Dicas de um milhão de dólares para desenvolvedores de software empreendedores
Geral // 1

*por Mari Lemos Pense num caminhão gigante. Agora, pense que este caminhão, quando estacionado, abre suas laterais, fica com uma área útil de 70 metros e vira UMA SALA DE AULA. Poderia estar falando de um desenho animado, mas estou falando do Hackatruck. Estou dentro dele enquanto escrevo este texto. É um ambiente totalmente climatizado,

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por