Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

* por Ellen Simão –

tumblr_mlpsxcariU1s141c3o1_r1_500A IBM abriu suas portas para a 12ª edição do Fórum de Empresas e Direitos LGBT no mês de junho. O evento propõe os avanços nos direitos LGBT no mercado de trabalho e na sociedade. A proposta é criar uma discussão essencial para a comunidade e para as companhias que procuram criar um ambiente inclusivo para os seus funcionários. Personalidades que dão voz à causa estiveram presentes no evento, como Laerte e Daniela Mercury, que fez uma transmissão ao vivo para conversar com o pessoal que participava do evento. O dia foi, de fato, produtivo, mas é importante expandir o pensamento para além dos muros dessas empresas.

A IBM tem presença forte na temática LGBT e já faz parte do seu histórico abraçar essa causa, incentivando, inclusive, que funcionários assumam sua orientação sexual dentro da companhia. A empresa também lidera um treinamento para prevenir o preconceito inconsciente, o que ajuda a ‘abrir os olhos’ para pensamentos impostos cultural e socialmente. Muitos destes conceitos são absorvidos por nossos cérebros e nunca questionados, nos deixando cegos para reconhecer o preconceito. A Big Blue ainda criou a iniciativa Respeito em Foco, na qual funcionários embaixadores vão até escolas do ensino médio para falar sobre respeito e diversidade.

Vivemos em pequenas bolhas sociais e a temática LGBT ainda não foi inserida em muitas delas. Quando observamos pessoas nas ruas ou imaginamos um retrato do nosso país, nos deparamos com um preconceito feroz, muitas vezes velado. Devemos celebrar as mudanças e sorrir para novas realizações, mas não podemos nos esquecer que ainda há muito a ser desmitificado. Por isso, empresas e instituições têm um papel importantíssimo no fomento à diversidade e na abertura do diálogo. É preciso desconstruir o preconceito.

Diversidade gera inovação

Neste último fórum a IBM recebeu,  junto aos ativistas e membros da comunidade LGBT, companhias como AIG, Avon, JP Morgan e Microsoft, que participaram de paineis para discutir as diversas faces do tema diversidade.

Para a AIG Seguros, a diversidade traz inovação e novas perspectivas.  Aceitar o diferente propõe um ambiente saudável, em que as pessoas podem ser mais criativas e se sentem engajadas. A Avon acredita que a diversidade faz bem para os negócios e se esforça para mostrar isso em comerciais e por meio de seus produtos. Para a empresa, é fundamental mostrar aos clientes que a marca abraça o público de lésbicas, gays, bissexuais e transsexuais. O último comercial da companhia, inclusive, exibiu representantes LGBT e negros como protagonistas.

A presidente da Microsoft, Paula Bellizia, contou que a empresa valoriza a real sociedade brasileira, composta por maiorias que não são representadas. A empresa acredita que a causa LGBT é irreversível e inevitável para a composição de sua cultura.

Como o tema LGBT pode ser incorporado de forma funcional para que ultrapasse as barreiras dos círculos sociais empresariais?

No painel também se discutiu formas de expandir as ações praticadas nestas empresas para outros meios. E as ideias não ficaram só no discurso. Um treinamento com atores foi realizado para simular situações de preconceito que passam batidas pelos nossos ‘olhos inconscientes’. Fica a lição de que sem uma boa liderança, não é possível alcançar o comprometimento de funcionários para avançar nessa causa. Uma entidade sozinha também não consegue fazer isso. A mudança precisa ser feita na sociedade e, para isso, é preciso ter estratégias e contar, inclusive, com o apoio de órgãos públicos, que muitas vezes não se comprometem com questões LGBT.

O objetivo das companhias agora é gerar impacto para além dos muros que dividem a realidade do mundo que idealizamos. Nessa luta, é essencial trabalhar com jovens e investir em educação, ferramenta essencial para ‘abrir mentes’ e engajar pessoas nas jornadas sociais. É fato, quanto mais se entende sobre a causa LGBT, maiores são as chances de mobilização. A IBM e estas empresas que se reúnem periodicamente para conversar e criar ações em torno desta e outras causas tão nobres já entenderam, nosso desafio é e sempre será: cruzar nossas próprias fronteiras.

Confira o vídeo que gravamos com entrevistas exclusivas sobre o evento:

Artigos Relacionados

01 maio
Elementar, meu caro
Geral // 0

*Por Bruno Favery – Um antigo provérbio diz: se quiser ir rápido, vá sozinho. Se quiser ir longe, vá em grupo. Esta velha máxima se encaixa muito bem na lógica de raciocínio que trago nas próximas linhas e, acredite, tem tudo a ver com o futuro da tecnologia e com a era cognitiva. Se avaliarmos

12 jun
Um ano pra contar uma história de 100
Geral // 0

Sempre fui uma pessoa propensa a gostar de tecnologia. Quando criança me divertia no computador e no videogame. Hoje, não me imagino sem uma câmera digital e softwares de edição de foto e vídeo. Sempre adorei as facilidades e o fator entretenimento do mundo moderno. Apesar dessa afinidade, nunca entendi bulhufas de como funcionam os

17 mar
Da teoria à prática: como os dados do Twitter podem influenciar os negócios?
Geral // 0

Estamos na década de 1990, quando a Internet no Brasil era restrita a alguns usuários que, quando estavam com sorte, conseguiam estabelecer uma conexão de no máximo 56 kbps. Isso, é claro, após esperar o relógio marcar meia noite para que se pagasse apenas um pulso para  a conexão e, assim, a conta telefônica não viesse absurdamente cara. Já nessa

Comentários

Igor Ferraz
6 de julho de 2016

Orgulho enorme de estar presente nesse fórum e fazer parte da história de inclusão e respeito à diversidade que a IBM escreve há tanto tempo! #ibmerproud #proudtobeme #inclusiveibm

Raul Evangelista
6 de julho de 2016

O evento foi realmente muito bom. Ver de perto o engajamento de cada empresa nos traz prosperidade e mais vontade de continuar o trabalho que o forum iniciou. Espero que muitas outras empresas se aliem até que um dia o Forum não precise mais falar de igualdade

Adriana Delgado
7 de julho de 2016

Grande texto Ellen! conseguiu exprimir a real importância do evento e da mudança que nossa sociedade precisa fazer. Tenho orgulho de ser IBMista e ver como a IBM realmente incentiva o respeito à diversidade, sabendo que isso é benéfico para o ambiente onde trabalhamos e para o negócio em si. #inclusiveIBM

Santejo
8 de julho de 2016

O Evento foi incrível ! Muito bom ver empresas engajadas nesta tema e ver a IBM contribuindo de maneira exemplar.
#ibmerproud #proudtobeme #inclusiveibm

Queite
11 de julho de 2016

Muito legal, ver iniciativas inclusivas como essa #inclusiveIBM !! Parabéns a todos os envolvidos!!

Jonathan Jackson
12 de julho de 2016

Muito orgulho de fazer parte dessa diversidade e de ser um IBMista!

Raphaela Leoni
21 de julho de 2016

Diversidade, respeito, inclusão, mais proximidade entre as pessoas…. isso são apenas alguns dos componentes necessários para um caminho de sucesso! Excelente iniciativa! Quem venham mais! #inclusiveIBM

Eliane Pompolino
5 de agosto de 2016

Não deveria haver preconceito em um mundo se ele fosse justo e humano. Mas infelizmente como ele não é, temos sim que levantar a bandeira com muito orgulho de ser como queremos ser, se ser como somos, independente de raça, credo ou cor. Somos seres humanos, dotados de inteligencia, devemos respeitar o próximo e amá-los. Tenho orgulho de trabalhar em uma empresa que veste e abraça tão bem essa causa. Contem sempre comigo pois essa causa já abracei na minha vifda há muito tempo. #inclusiveIBM

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por