Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

*Por Maria Fernanda Espinosa – vídeo por Bruno Favery –

O problema não é novo, muito pelo contrário. Durante as Olimpíadas de 2012, em Londres, um vírus foi mascarado em um PDF da tabela de horários dos jogos. Esse intruso basicamente baixava outros componentes que criavam outros ataques. Em outro momento, durante a Copa do Mundo de 2014, havia pishings que continham vírus conhecidos como Trojans, que chegavam como spams e prometiam bilhetes de ganhadores de loterias. Nesta mesma época, o grupo hacktivista Anonymous reivindicou responsabilidade pelos ciberataques em portais do governo brasileiro e dos principais patrocinadores da Copa do Mundo.

Com a proximidade de um desses grandes eventos aqui no Brasil, este mês recebemos uma das melhores especialistas em cibersegurança da IBM, Limor Kessem, para falar sobre este cenário. Para complementar, reunimos formadores de opinião para falar sobre cibercrime, dá uma olhada:

O estudo que a Limor comenta sobre a “Cibersegurança e os jogos olímpicos” mostra que cibercriminosos brasileiros estão se unindo com a máfia digital russa para desenvolver novos ataques, muito mais sofisticados. Parece que o cenário vai ficar bastante complicado. A reflexão que fica aqui é: será que estamos prontos?

Para visualizar o estudo na íntegra clique aqui.

Se interessou pelo tema? Leia o artigo que a Limor Kessem escreveu sobre o tema no blog de Segurança da IBM Internacional.

Artigos Relacionados

09 nov
IBM é a empresa de tecnologia mais inovadora
Geral // 0

Fomos reconhecidos, nesta semana, como uma das empresas mais inovadoras do Brasil, de acordo com um estudo feito pela A.T. Kearney e publicado pela revista Época Negócios. Além disso, ganhamos destaque na categoria “Estrutura e Suporte”, que avalia como a empresa monitora o sucesso da inovação e quais são as ferramentas de gestão utilizadas. Ficamos no TOP 10 – 6º lugar

29 dez
Inteligência artificial embarca nos carros
Geral // 0

Nos últimos tempos, a GM e a BMW anunciaram que estão trabalhando com a IBM em projetos de inteligência artificial. A GM vai incluir o Watson em seu assistente pessoal OneStar para construir uma nova plataforma de mobilidade cognitiva, o OneStar Go, que terá o intuito de melhorar a experiência de condução de veículos. Já

26 out
Insight 2015: Um evento para as vanguardas de Big Data
Geral // 0

*Por Maria Fernanda Espinosa Você já deve saber que análise de dados é hoje a base para a inovação nos negócios. Isso porque, por meio de dados, é possível entender, de fato, onde se está e onde se quer chegar, sem dar margem a “achismos”. Com frequência acompanhamos casos de companhias que transformaram suas operações

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por