Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

Vamos começar 2017 falando de futuro! Tradicionalmente, a IBM consolida em um anúncio a sua visão sobre os próximos passos da tecnologia. São cinco previsões daquilo que poderá se tornar realidade nos próximos cinco anos. Olha só que legal: nas previsões de 2013, a IBM revelou que tecnologias seriam capazes de aprender e beneficiariam diversos setores da sociedade, como educação, saúde e varejo. Isto já é uma realidade com os sitemas cognitivos como o IBM Watson, capaz de entender a linguagem natural das pessoas e realizar tarefas complexas por meio do processamento de grandes volumes de informações num piscar de olhos. Tudo isso imitando o funcionamento da mente humana.

Outra previsão feita em 2013 que já se tornou realidade foi a de que a sala de aula aprenderia sobre cada aluno. É o caso do app IBM Watson Element for Educators, que aprende como os alunos podem absorver melhor o conteúdo didático, ajudando os professores a terem uma visão individualizada e mais profunda de cada aluno. Por isso acho bom levarmos essas previsões a sério!!

Eterra em perigoste ano, o IBM 5 in 5 fala sobre tornar o mundo invisível, visível. Sobre diagnosticar doenças psíquicas por meio da fala e escrita. Sobre termos laboratórios médicos to tamanho de um chip. A história começa em 1608, quando Galileu olhou através de seu telescópio e viu nosso cosmos de uma maneira inteiramente nova. Ele provou a teoria invisível de que a Terra e outros planetas em nosso sistema solar giram em torno do Sol.

Baseado neste princípio, o setor de pesquisa da IBM está trabalhando para criar uma nova geração de instrumentos científicos – que vão desde o nível macroscópico até a nanoescala – projetados para enxergar melhor o nosso mundo. A inovação nesta área permitirá melhorar drasticamente a agricultura, aumentar a eficiência energética, detectar a poluição prejudicial antes que seja tarde demais.

Enfim, chega de blá blá blá e vamos às cinco novas previsões para os próximos cinco anos:

1. Com a inteligência artificial, as nossas palavras serão as janelas para nossa saúde mental. Isso significa que o que dissermos e escrevermos poderão ser usados ​​como indicadores de nossa saúde mental e bem-estar físico.

blue eyes2. Hiperimagem e inteligência artificial darão a nós uma visão de super-herói.

Em cinco anos, nossa capacidade de “ver” além da luz visível poderá revelar novos insights para ajudar a compreender o mundo que nos rodeia. Esta tecnologia deverá estar amplamente disponível em nossa vida diária, proporcionando a capacidade de perceber ou ver através de objetos em qualquer momento e em qualquer lugar.

3. Usaremos macroscópios e IoT para compreender a complexidade da terra.

O mundo físico diante de nossos olhos só nos dá uma pequena visão do que é um o mundo infinitamente interconectado e complexo. Instrumentação, coleta e organização de massas de dados de todos os objetos físicos, grandes ou pequenos, melhorarão a nossa compreensão do mundo e revelará novas soluções para nossas necessidades de alimentos, água e energia.


32101752625_6385131169_k (1)4. Detetives Nanotech da saúde vão nos ajudar a identificar que estamos doentes antes de nos sentirmos doentes.

Os “detetives” de nanotecnologia irão nos informar que estamos indispostos antes mesmo de sentirmos qualquer sintoma. Novas técnicas que detectam minúsculas biopartículas encontradas em fluidos corporais, combinadas com dados da Internet das Coisas darão uma imagem completa da nossa saúde.

5. IoT ajudará a ver e gerir os poluentes ambientais.

Os poluentes ambientais não serão capazes de se esconder graças a novas tecnologias que localizam e monitoram com precisão a qualidade do nosso ambiente. Combinado com a análise física conduzida pela inteligência artificial, essas tecnologias nos darão novas ideias para evitar a poluição e aproveitar plenamente a promessa de combustíveis mais limpos, como o gás natural.

A equipe global de cientistas e pesquisadores da IBM está constantemente trazendo esse reino da ficção científica para o mundo real. Parece que essas previsões não são por acaso. Você sabe que aqui no Brasil a IBM tem um grupo de pesquisa em nanotecnologia? Tudo a ver com as previsões. Veja os vídeos das projeções da IBM:

ainda interessado em saber mais sobre o tema? Acesse: https://www.ibm.com/blogs/think/2017/01/ibm-research-5-in-5-2017/

*Por Kelly Bassi e Maria Fernanda Espinosa

Artigos Relacionados

25 mar
Empresas testam menos da metade dos aplicativos que desenvolvem
Geral // 1

Existem atualmente quase três milhões de aplicativos nos sistemas Android, iOS e Microsoft e, em média, são feitos downloads de mais de 100 mil apps diariamente. Milhares de dispositivos conectados com a internet rodam diferentes tipos de apps com necessidades específicas; é difícil não pensar em segurança. Muitas empresas estão se atentando a isso, porém, de acordo com um relatório publicado

18 set
Conheça o iLAMpS Fund: inovação e desenvolvimento na IBM
Geral // 0

Crowdsourcing na IBM? O crowdfundig começou no Brasil cerca de três anos atrás, com o surgimento do site Catarse, inspirado no modelo americano Kickstarter. Trata-se de um portal de financiamento coletivo. Dado o sucesso deste tipo de iniciativa, hoje muitas empresas já veem implementando projetos de crowdfunding no ambiente corporativo. É o caso da IBM,

31 jan
IBM na Campus Party
Geral // 3

Rodrigo Kede, CEO da IBM Brasil, na Campus Party Muita gente já ouviu falar da Campus Party, não é mesmo? E não precisa ser nenhum aficionado por tecnologia! Aqui no Brasil o evento está no sétimo ano e, por falar tanto do universo tecnológico, claro que a IBM não poderia estar de fora! Fabio Gandour, cientista-chefe do laboratório de pesquisas

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por