Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

Tecnologia e carnaval tem algo em comum? Até há pouco tempo eu pensava que não, mas uma experiência que tive essa semana mudou minha concepção. Fiz minha própria máscara para o carnaval usando uma máquina de corte a laser. O Blog TI+Simples foi convidado para participar de um workshop de impressões 3D promovido pela startup 3D Criar em parceria com a Autodesk. A premissa era apresentar aos participantes o Tinkercad, software desenvolvido pela Autodesk para a criações de peças em 3 dimensões, e introduzir também as impressoras 3D e as máquinas de cortes a laser.

IMG_2389

Tampas para garrafas de vinho feitas na impressora 3D.

A dinâmica foi comandada pelo Diretor de Tecnologia da 3D Criar, Daniel Huamani. Ele foi responsável por nos ensinar como funciona o Tinkercad, suas ferramentas básicas e como combiná-las para fazer infinitas criações. No começo me embananei um pouco movendo as diversas formas geométricas e me perdi com o conceito de movimentá-las em três dimensões, mas aos poucos fui me familiarizando e rapidamente já conseguia fazer aquilo que vinha à minha mente.

IMG_2411

“Nossa intenção é melhorar a qualidade do ensino por meio dessas ferramentas de fabricação digital.”. Daniel Huamani, diretor de tecnologia da 3D Criar.

O nosso objetivo ao final do workshop era sair de lá com uma máscara de carnaval desenvolvida no web aplicativo e materializada por meio de uma impressora de corte a laser. Confesso que é muito legal ver as peças sendo cortadas por um raio a laser. Me senti no filme do James Bond no qual ele corta tudo com seu super relógio.

Apesar da nossa dinâmica ter sido mais simples, Daniel afirma “a impressão 3D tem inúmeras utilidades e pode ser aplicada a diversos mercados, como arquitetura, design, medicina, engenharia e até na fabricação de joias”. E ainda complementa “apesar de ter um vasto mercado a ser explorado, o Brasil ainda é carente nessas soluções. E nosso objetivo é justamente democratizar a tecnologia e torná-la acessível a um maior número de pessoas”.

Sai de lá muito empolgado. É bom demais ver empresas comprometidas com a popularização e a disseminação de novas tecnologias. Certamente temos muito a ganhar com esse conhecimento. Uma coisa que gostei bastante em relação ao Tinkercad, além do fato de ser gratuito, é que você cria um perfil e com isso automaticamente ele salva na nuvem todas as suas criações, gerando uma espécie de catálogo particular que, inclusive, pode ser compartilhado com outros usuários do programa caso você deixe público ou não.

IMG_2373

Máquina cortadora a laser.

Isso incentiva a co-criação, já que se eu desenvolvo uma peça muito legal e a deixo pública, por exemplo, outra pessoa pode acessá-la, adicioná-la a seu próprio projeto e fazer alterações caso queira algo mais personalizado. Assim a pessoa ganha tempo e amplia as possibilidades criativas. Show de bola!

Outro ponto importante mencionado pelo Daniel é que caso você faça uma criação 3D você não precisa ter uma impressora para vê-la materializada, pois existem Fab Labs (laboratórios especializados em impressões 3D e máquinas de corte a laser) nas quais você pode simplesmente levar o seu projeto, alugar a máquina e imprimi-lo.

Bom, agora que já estou com a minha máscara de carnaval, eu vou mais é finalizar esse post e correr para o bloquinho mais próximo. Um bom carnaval a todos. Fui!

Artigos Relacionados

30 ago
Três razões para celebrarmos a chegada do Watson Oncology ao Brasil
Geral // 0

*Por Claudio Ferrari – “If you cannot measure it, you cannot improve it.” (Sir William T. Kelvin , Matemático, Físico e Engenheiro – 1824 – 1907) O lançamento do Watson for Oncology marca a chegada da computação cognitiva aplicada à saúde no Brasil. Temos três boas razões para comemorar esse novo momento da medicina. 1. Poderemos ser

22 abr
Do StarTAC ao Iphone, do PC ao tablet. O lixo tecnológico não pode dominar o mundo
Geral // 0

*por Mariana Riscala – Quem aí se lembra do StarTAC?  Em 1996, era o celular do momento. Moderno, descolado… A cara da mobilidade! Isso foi há exatos 20 anos. E depois do StarTAC ainda vieram tantos outros aparelhos celulares… Se falarmos em computadores, então, a lista de “velharias” aumenta! Há 10 anos os computadores eram maiores, mais pesados

01 jun
Instalei um app e acabei com o Zika vírus
Geral // 0

– Por Bruno Favery – A união faz açúcar e não a força. Foi com esse infame e infantil trocadilho que iniciei a primeira redação que escrevi na escola. O tema que a professora nos pediu para trabalhar era justamente a “união faz a força”, e eu querendo ser o engraçadinho decidi tirar sarro. Mas

Comentários

Daniel Huamani
24 de fevereiro de 2017

Obrigado pela visita! Venha sempre que quiser!

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por