Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

34571932036_fa720452d1_cO Watson está cada vez mais envolvido em projetos legais. Já falamos do seu auxílio no combate ao câncer, como pretende revolucionar as visitas aos museus e também de como ajudou a escolher o vencedor de um concurso de cosplay, na Comic Con Experience Recife. Dessa vez, a plataforma de computação cognitiva da IBM vai invadir o universo games para ampliar a experiência do jogo de realidade virtual Star Trek: Bridge Crew, da Ubisoft.

A famosa produtora de games tinha um desafio em mãos: fazer um jogo pensado totalmente para a realidade virtual (VR) e oferecer uma imersão sem precedentes. Eis que o Watson entra na jogada. Para melhorar a experiência do jogador, a Ubisoft fez uso das tecnologias da IBM para inserir comando de voz ao jogo. Ou seja, ao invés do tradicional apertar de botões você pode gritar, instruir e distribuir ordens verbalmente aos tripulantes da sua espaçonave. Muito legal isso!

giphy (1)Em Star Trek: Bridge Crew o foco é o multiplayer, ou seja, se divertir com seus amigos. O jogador fará parte da Starfleet e vai se aventurar pela galáxia e enfrentar os seus perigos. Esqueça Capitão Kirk, Spock e sua turma, neste game somos apresentados a uma nova nave, a U.S.S. Aegis. Como membro da Federação, você e os jogadores deverão completar a importante missão de explorar um setor ainda não mapeado da galáxia: o Trench. Para isso, as ações e decisões que tomarem juntos serão essenciais. Ou seja, a interação é a grande sacada do jogo. A parte divertida (e inédita) é justamente que você vai poder interagir com seus amigos e com os personagens do jogo, utilizando apenas sua voz. Isso vai alavancar o futuro da realidade virtual e trazer à tona uma experiência totalmente imersiva.

Para que tudo isso pudesse funcionar, a IBM criou um software especialmente para o jogo, chamado VR Speech Sandbox, que combina Watson Unity SDK com dois outros serviços, Watson Speech to Text e Watson Conversation. Esses recursos são APIs responsáveis pela análise e interpretação do comando de voz, com capacidade de compreender a intenção da fala em linguagem natural.

Star Trek: Bridge Crew, estará disponível para PlayStation VR, HTC Vive e Oculus Rift no final do ano. A produção está sob os cuidados da Red Storm Entretainment, que auxiliou no desenvolvimento de jogos como Far Cry 3 e The Division. A ideia aqui é usar o dispositivo de realidade virtual para interagir com outros membros e controlar a sua nave enquanto explora o Universo.

Caso esteja curioso, aqui está uma amostra do que está por vir:

E se você tem medo do que novas tecnologias podem trazer para o futuro, como diria o sábio capitão Spok: “Mudança é o processo essencial de toda a existência” (Change is the essential process of all existence).

* Por Gabriela Almeida

Artigos Relacionados

09 ago
Nintendo Wii, Pokémon GO e Ivete Sangalo. O que um tem a ver com o outro?
Geral // 0

*Por Mariana Riscala – Quem nunca se viu de pé em frente à televisão dando soquinhos no ar, se esquivando, abaixando, pulando e dando tacadas para lá e para cá? Era assim que ficávamos quando íamos jogar boxe, tênis ou boliche no Wii Sports, um dos jogos mais vendidos do console da Nintendo, com mais

06 dez
Ninguém coleciona dados por prazer – As plataformas abertas e o futuro da inovação
Geral // 0

Você já parou para pensar como a tecnologia mudou as nossas vidas nos últimos dez anos? Itens indispensáveis, como guia de ruas com mapas ou discos de música, simplesmente viraram artigos de sebo. Na última década, hábitos como frequentar a locadora do bairro ou ficar na fila do banco para ver o extrato da conta,

31 out
O que o Blockchain já faz por você?
Geral // 0

Há alguns meses eu tenho trabalhado ativamente com blockchain. Não com a construção da plataforma, mas com o seu conceito em si. Tive uma certa intimidade com o assunto desde 2016, quando tentei descomplicar seu entendimento comparando-a a uma máquina de batata chips. Acho que deu certo. Na verdade, presumi por conta própria que fui

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por