Pick a color

Boxed/Wide

Boxed
Wide

Content width

1200
1040
960

Select headings font

Background (Boxed)

Em um mercado cada vez mais digital e conectado, diferencia-se quem sai na frente e consegue se antecipar às mudanças da indústria. O problema é que fazer parte da transformação digital requer investimento, seja em pessoas, capacitação ou em estrutura. Nesse sentido, empresas precisam, cada vez mais, do suporte de TI, seja para manter a operação ou traçar planos de expansão. E quando falamos em TI, abordamos toda a cadeia que envolve tecnologia, ou seja, hardware, software e também serviços. Trocando em miúdos, temos:

– Compra (ou renovação) de computadores, telefones, data centers e sistemas eletrônicos, como os de ponto;
– Troca ou atualização de softwares como, por exemplo, os de gestão de fluxo de caixa;
– Atividades de consultoria, como os serviços de suporte de TI.

Mas mudar requer investimento e é aqui que algumas empresas, de todos os segmentos e portes, se veem com dúvidas sobre o que fazer. A solução pode estar no financiamento de TI. Isso porque, a partir de um valor financiado, a empresa consegue diluir os custos para conseguir investir ainda mais em inovação para manter a competitividade e crescer no mercado.

Para entendermos um pouco mais sobre como funciona um financiamento e seus benefícios, conversamos com o Luiz Enrique Zaragoza, Executivo do Banco IBM.

Agora, dúvidas comuns como quais são os limites possíveis para parcelamento e, principalmente, sobre o que exatamente contemplar num plano de financiamento, são muito comuns. Por isso, trouxemos as 4 respostas sobre financiamento de TI que você precisa saber:

INFOGRÁFICO_BANCO

Artigos Relacionados

25 nov
Escudos digitais na era da hiperconectividade
Geral // 0

* por Andriei Gutierrez, Gerente de Relações Governamentais e Assuntos Regulatórios da IBM Brasil Você já parou para pensar que o seu smartphone tem mais informações suas e da sua família do que a sua própria casa? Já refletiu sobre o potencial nocivo que uma invasão e roubo dos dados nesse pequeno aparelho podem ter

03 jun
Roland Garros: a tecnologia me ajudou a ganhar uma aposta
Geral // 0

– Por Bruno Favery – Durante o torneio de tênis Roland Garros, o mais charmoso Grand Slam, acontece um ritual em casa. Todo domingo meu pai e eu preparamos uma bela macarronada, assistimos às partidas do dia e o mais importante: apostamos nos resultados.  O hábito já leva 11 anos e nasceu na mesma época em

07 ago
De Jeca Tatu à agricultura digital
Geral // 9

Eu praticamente nasci no campo. Desde quando eu e meus irmãos éramos crianças meus pais colocavam a gente em uma grande caminhonete, a Brasinca, e nos levavam para a casa dos parentes no Mato Grosso e Paraná. Era uma viagem de férias de 15 dias. As melhores e mais memoráveis aventuras da minha vida, com

Comentários

Deixe aqui seu comentário

nitromidia.com Desenvolvido por